Processo de rebarbagem / rebarbar:

Há quase três décadas que temos vindo a alargar continuamente o nosso know-how no que respeita à rebarbagem automatizada. As instalações da SHL são atualmente consideradas instalações de referência a nível mundial, quer se trate de instalações robóticas individuais flexíveis, de células de rebarbagem fechadas ou de linhas de produção e vias de transferência completas, incluindo o handling de peças.

No caso de utilização de uma instalação robotizada para rebarbar e escovar componentes, os utentes têm a dificuldade da escolha: deve recorrer-se a um sistema com orientação da peça de trabalho ou das ferramentas? Apesar de ambos os métodos fornecerem a mesma qualidade da superfície, devem ser observadas algumas diferenças importantes e decisivas.

Rebarbagem com orientação da peça de trabalho

No caso da rebarbagem com orientação da peça de trabalho, o robô pega no componente e fornece-o às diversas estações de processamento.

A rebarbagem com orientação da peça de trabalho exige uma maior área de trabalho. Graças à ferramenta de montagem fixa, esta forma de rebarbagem permite trabalhar de modo muito mais rápido e flexível, uma vez que o tempo de ciclo é substancialmente melhor do que na rebarbagem com orientação das ferramentas.

Rebarbagem com orientação das ferramentas

Na versão com orientação das ferramentas, a peça encontra-se fixada num suporte de modo estacionário e é processada por ferramentas que o robô transporta consigo.

Esta variante de rebarbagem requer uma área de trabalho menor. Neste caso, as ferramentas são porém trocadas durante o tempo de processo. Por conseguinte, o tempo de ciclo é mais lento neste procedimento.

O procedimento é o mesmo em ambas as variantes de rebarbagem. Ambas as variantes possibilitam um trabalho muito eficiente. A qualidade de rebarbagem das peças acabadas é igualmente boa em ambos os processos. Na rebarbagem com orientação tanto da peça de trabalho como das ferramentas, a garra pode ser limpa automaticamente após cada processo.

Unidades automáticas de reajustamento (escovas, ferramenta de rebarbar, fresas)


As instalações robóticas SHL vêm equipadas com ferramentas de rebarbar, escovar e fresar, sendo as ferramentas de processamento reajustadas automaticamente. O desgaste das ferramentas não requer qualquer alteração do programa. Ao rebarbar, as tolerâncias da peça de trabalho são compensadas automaticamente em determinadas áreas.

Monitorização do processo (rutura da fresa, desgaste da fresa)


As instalações robóticas SHL também podem ser munidas opcionalmente de um sistema de monitorização do processo, desde que sejam utilizadas fresas para rebarbar. O sistema reage, quando a ferramenta de fresar quebra ou fica romba. O sistema permite, assim, minimizar períodos de imobilização ou falhas desnecessárias.

Cabinas insonorizadas e protegidas contra o pó (células robóticas fechadas)

Para além da versão aberta de instalação robótica, a SHL constrói células robóticas autoportantes e fechadas com cabinas protegidas contra o pó e/ou insonorizadas. Estas células robóticas autoportantes têm a seguinte vantagem especial: é possível alterar o local de instalação da instalação sem desmontar o robô ou as diversas máquinas. As células robóticas SHL fechadas fornecem soluções compactas e flexíveis, reduzindo os tempos para montagem e colocação em funcionamento.

Aplicação de células de rebarbagem


As células de rebarbagem SHL são usadas para diferentes peças estruturais, como peças vazadas ou de fundição injetada. Neste caso são removidas por exemplo as rebarbas de fundição que se formam na separação de molde. As peças vazadas e estruturais em alumínio, que são empregues na aeronáutica e tecnologia automóvel, ganham cada vez maior importância.

As áreas das guarnições requerem peças de latão e o aço vazado é por exemplo necessário para cambotas. Os sistemas de monitorização da peça de trabalho e da esteira, que estão disponíveis opcionalmente, permitem reduzir a paralisação da instalação. Este sistema de monitorização garante um trabalho ainda mais produtivo e eficiente das máquinas SHL.

Outras competências SHL incluem o lixamento e a escovagem.